26nov

Com garotas seminuas, Dead or Alive Xtreme 3 para PS4 não será lançado no Ocidente

Publicado por Fábio Zonatto

0 Comentários

Tag: anime Censura Comportamento Dead or Alive Facebook Fan Service games HuniePot Koei Tecmo Polêmica PS Vita PS4 Sensualidade Twitter

A censura continua latindo alto nas mídias mais populares, e aqui vai mais um exemplo desta bobagem aplicado em um videogame.

Produzido pela japonesa Koei Tecmo, o game (que disfarça-se como esportivo, mas na verdade é um fan service descarado) Dead or Alive Xtreme 3 foi considerado pela própria produtora “provocante demais” e, para evitarem dores de cabeça, decidiram que não o lançarão nesta parte do continente.

Em uma postagem na fanpage oficial da Dead or Alive Game, um representante disse o seguinte (em uma tradução livre): “Vocês sabem quantos problemas estão rolando na indústria de games em relação ao modo de como as mulheres são tratadas neles? Bem, nós não queremos falar a respeito disso aqui, mas certamente passamos os últimos dois anos debatendo sobre o assunto antes de tomarmos esta decisão. Obrigado.”

 

Mesmo com a recusa da Koei Tecmo, a produtora de games eróticos HuniePot (responsável por HuniePop… e se a curiosidade bater, o Google está aí pra isso mesmo) fez uma oferta bem incomum: 1 milhão de dólares pela licença de Dead or Alive Xtreme 3, deixando a cargo deles publicar o game no ocidente.

A proposta foi feita pelo Twitter oficial da HuniePot, onde os caras afirmam ser 100% verdade o seu interesse em fechar este acordo. Claro que as possibilidades da Koei Tecmo aceitar isto são quase iguais a zero.

De qualquer forma, sempre pode-se jogar a versão asiática do game por importação certo? Além do PS4, Dead or Alive Xtreme 3 também está disponível para o PS Vita. Em pensar que o nome “Dead or Alive” já significou uma promissora série de luta no passado…