08jan

Heavy Metal, matança e pouco foco em trama são os preceitos de Doom 4

Publicado por Fábio Zonatto

0 Comentários

Tag: Bethesda Clássicos Doom 4 FPS games Heavy Metal id Software Musica Nostalgia Rock Violência

Pois devemos admitir que, quando íamos jogar Doom antigamente, o que queríamos mesmo era explodir demônios sob uma trilha sonora das boas.

Pensando neste conceito, a id Software está trabalhando em Doom 4, a tão aguardada continuação que já custa anos a sair (lembrando que o terceiro game foi lançado em 2004). Segundo o diretor criativo do game Hugo Martin em recente entrevista, “a história não é algo importante em um game Doom, não é por isso que as pessoas jogam o Doom. Elas o fazem para matar demônios e explodir a merda toda de formas incríveis”.

Com uma trilha regada a muito heavy metal, Doom 4 mostrará um inferno dos mais headbanguers para ser explorado e detonado – “O rock’n roll foi nossa principal inspiração para tudo”, disse Martin.

 

O visual do game foi uma das principais preocupações da produtora – não apenas pela qualidade gráfica, mas também pela temática e ambientação da matança que estará presente no FPS. “Quando olhamos para o Doom original, sempre pensamos que o visto lá seria algo que um jovem de 15 anos iria desenhar em seu caderno durante uma aula de matemática” lembrou Hugo Martin, que afirmou ainda que o excesso de crânios e a ambientação meio Castelo de Greyskull (do He-Man) é exagerada, mas intencional.

Doom 4 ainda não tem data certa de lançamento, mas acredita-se que chegará para Xbox One, PS4 e PCs em breve.